Domingo, 18 de Julho de 2010
Escrita de um Solitario

Escrita de um Solitário

Hoje vou dar uma de escrita leve!

Me interrogo a mim mesmo, porque será que nos andamos a enganar a nós próprios, quando não somos sinceros com os nossos pensamentos, e desonestos com eles próprios nesta sociedade não realista, mas sim com uma farsa incrivelmente, inapropriada desta vida em que de passagem estamos.

Podemos começar pelo amor?

Fazer bem não olhar aquém?   

Quando juramos amar será verdadeiro ou falso? Pergunto eu, ou por outro quanto tempo vai durar, porque no amar entre o homem e a mulher há uma grande diferencia, porque o amor nunca será igual, os pensamentos serão diferentes, e desejos iguais, por esse motivo não lhe chamemos amor mas sim comodismo de ambas partes, sim porque conheço contos de fadas que se dizem que a pessoa que amam é a esposa e os meus filhinhos e no fim do dia qual delas.

Eu vejo naquelas mentes falidas que se dizerem uma verdade será uma catástrofe total, e jamais poderão viver ao cimo deste planeta, ou será que andamos todos cegos surdos e mudos para não darmos conta do eclipse que passa por nós, ou fazemos conta que com uma confissão de um padre estamos livres desse pecado, e tornar a pecar e tentar mostrar ao mundo que somos os machões do bairro, os mais santinhos na cobertura do camuflado da vida e andarmos vendendo banha da cobra por esses lados.       

 Ou será cobardia total de uma mente doentia? Pergunto eu.

Como por exemplo tentar ter fama de bom samaritano, sendo um reles que nem se consegue ver ao espelho, pobre vida do infiel que nunca soube dar uma educação ao seus filhos e assim vai viver vendo-se num espelho que nunca lhe dará uma imagem verdadeira sua mas sim errada de uma mente doentia.

Aqui fica um pensamento solitário

Sonhosolitario…



publicado por Sonhosolitario às 18:23
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Segunda-feira, 22 de Fevereiro de 2010
Verdade Da Razão

 

 

VERDADE RAZÃO

Tento encontrar o caminho certo

Neste grande mundo

Que não é meu nem teu

Onde palavras pairam no ar

Ao sabor dos ventos

No seu habitar

Entre verdades

 E mentiras escondidas

Tento-me descodificar

Antes de me entregar

Sem conseguir imaginar

Por onde hei-de andar

Palavras mais palavras

Que escondem entre nuvens escuras

Da sua realidade e pureza

Da sua existência

Daquilo que mais atormenta

Tudo estremece ao encontro

Da verdade e realidade

Da razão! Qual será ela?

Enquanto um é verdadeiro

Outro será traiçoeiro

São dois caminhos diferentes

No seu viver e habitar

 Sem passos firmes

No seu caminhar

Terá sempre uma incógnita

No seu viver

Este mundo de ilusão

Onde a verdade

Será sempre descoberta

Pela magia do silêncio

E pelo encanto do amor

E ficará sempre com sua dor

E o encanto da verdade

Onde a mentira

 Deixa de ser realidade

E se escuta com ansiedade

A entrega da razão

Mas já fica tarde

Para entregar seu coração

A verdade foi descoberta

Não mais lugar para ilusão

Porque a verdade vence

A todo cobarde e aldrabão…

AUTOR …SONHOSOLITARIO

 


sinto-me:
música: do blog

publicado por Sonhosolitario às 11:08
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


posts recentes

Escrita de um Solitario

Verdade Da Razão

favoritos

Hoje senti mais do que nu...

Mar Salgado

PALAVRAS

Inspiração da madrugada.....

Regresso

Saudade,De quem Partiu

Set fire to the rain

Que se passa em mim...?

O Mar e a Saudade

Para os Amigos

links
arquivos

Abril 2018

Janeiro 2015

Abril 2013

Dezembro 2012

Abril 2012

Fevereiro 2012

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds