Segunda-feira, 22 de Fevereiro de 2010
Verdade Da Razão

 

 

VERDADE RAZÃO

Tento encontrar o caminho certo

Neste grande mundo

Que não é meu nem teu

Onde palavras pairam no ar

Ao sabor dos ventos

No seu habitar

Entre verdades

 E mentiras escondidas

Tento-me descodificar

Antes de me entregar

Sem conseguir imaginar

Por onde hei-de andar

Palavras mais palavras

Que escondem entre nuvens escuras

Da sua realidade e pureza

Da sua existência

Daquilo que mais atormenta

Tudo estremece ao encontro

Da verdade e realidade

Da razão! Qual será ela?

Enquanto um é verdadeiro

Outro será traiçoeiro

São dois caminhos diferentes

No seu viver e habitar

 Sem passos firmes

No seu caminhar

Terá sempre uma incógnita

No seu viver

Este mundo de ilusão

Onde a verdade

Será sempre descoberta

Pela magia do silêncio

E pelo encanto do amor

E ficará sempre com sua dor

E o encanto da verdade

Onde a mentira

 Deixa de ser realidade

E se escuta com ansiedade

A entrega da razão

Mas já fica tarde

Para entregar seu coração

A verdade foi descoberta

Não mais lugar para ilusão

Porque a verdade vence

A todo cobarde e aldrabão…

AUTOR …SONHOSOLITARIO

 


sinto-me:
música: do blog

publicado por Sonhosolitario às 11:08
link do post | comentar | favorito

8 comentários:
De Sindarin a 22 de Fevereiro de 2010 às 11:47
olá meu amigo! Bonito este texto...deixo um grande beijinho


De LR a 23 de Fevereiro de 2010 às 12:03
Muito realista, gostei!
LoveRight


De Rosinda a 23 de Fevereiro de 2010 às 18:45
Olá Sonho Solitário! O poema está bem escrito, mas é amargo como a incerteza de uma verdade que afinal anda nua, claramente à vontade! Mas toda essa incerteza do que será ou talvez não... encontrará a resposta dentro do seu coração...
Abraço e espero que esteja tudo bem por aí onde não se pisa terra firme!


De Sindarin a 25 de Fevereiro de 2010 às 20:42
Meu bom amigo cá estou. Este poema como já tinha dito é profundo repleto de verdade e ensinamento da crueza da vida. Meu amigo é por isso k a verdadeira amizade é tão importante e os sentimentos lindos como os teus com o carinho k dás aos outros não se pagam com nada no mundo. Obrigada pela tua amizade. Um grande beijinho com muito carinho. Se quiseres manda o teu contacto no msn, assim não corremos o risco de nos acabar a bateria Bjs grandes


De TiBéu ( Isa) a 27 de Fevereiro de 2010 às 12:18
Olá T.... meu amigo
Lindo o que escreveste, tu sentes quando falas e escreves, pena que as amizades não sejam sempre como desejamos, Mas as boas conseguem minimixar as más , não achas. Adorei este bocadinho e vem de encontro ao que eu quero dizer hehe
"Para entregar seu coração

A verdade foi descoberta

Não mais lugar para ilusão

Porque a verdade vence

A todo cobarde e aldrabão…"

Beijinho e cá espero noticias, tudo de bom


De Alzira Macedo a 28 de Fevereiro de 2010 às 00:49
Olá amigo...
Fiquei parada no tempo ao ler este teu poema...
No tempo da realidade e no tempo da inconformidade...
neste mundo em que vivemos temos sempre duas vertentes a nossa e a do próximo…
Mas a nossa prevalece sempre quando é genuína…
tens uma forma muito digna de fazer entenderes o que pretendes…
Continua teu rumo sem dares importância aos que não aceitam, aos que não querem, aos que desgostam…
Porque se entrarmos por aí…
Nunca haveria entendimento…
Mas sempre duvidas…
Gostei do que escreveste, pode parecer duro…
Mas acima de tudo muito real, muito genuíno…
Embora eu pessoalmente goste mais do sentimento nobre…
Mas sei que infelizmente ele não está sempre patente…
Amigo se minhas palavras são validas…
Não olhes para trás…
Segue teu rumo, vive ama e usufrui do momento agora…
Não te deixes perturbar, pelos maus amados, pelos sem escrúpulos…
Continua sendo sempre fiel a ti próprio…
Um beijo com amizade…


De Sindarin a 1 de Março de 2010 às 22:45
Olá amigo. Lamentável que quem peca não reconheça os pecados. Triste e ingénuos os que pensam que são tão perfeitos que ao verem-se ao espelho não reconheça, o que ele realmente lhes mostra. Bjs


De Maria a 12 de Março de 2010 às 19:53
Olá amigo sonho solitário espero que estejas bem.
Obrigada por não me esqueceres. Ando ausente de todos os cantinhos amigos, pois o trabalho e agora mais um curso deixam-me com o tempo todo ocupado.
Gostei do teu poema , mas deixa a mágoa para trás e vive todos os momentos, pois a vida encerra sempre ilusão, nós é que temos de saber dar uma volta de 360º.
Beijinhos e um sorriso sempre
Maria


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


posts recentes

Sentimentos confusos!

Tragédia nas Caxinas,Lut...

PAI ETERNO EM FAINA

PAI ETERNO, ENTRE O POR D...

Vida de Marinheiro

QUANDO ME TOCAS

Mar Salgado

Saudade das Saudades

Tão longe e tão perto

Apenas te desejo bem

As minhas visitas


Web Page Counter
Buy Computer Parts

online
Musica
eXTReMe Tracker

object width="180" height="150">


Leva-me


favoritos

Hoje senti mais do que nu...

Mar Salgado

PALAVRAS

Inspiração da madrugada.....

Regresso

Saudade,De quem Partiu

Set fire to the rain

Que se passa em mim...?

O Mar e a Saudade

Para os Amigos

links
arquivos

Abril 2018

Janeiro 2015

Abril 2013

Dezembro 2012

Abril 2012

Fevereiro 2012

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds